Vamos falar de sondagem: Sondagem Rotativa.

Fala galera, tudo certo? Bom, hoje vamos falar de sondagem rotativa. Se você ainda não leu o artigo da semana passada, no qual falamos sobre Direct Push, sugiro que clique aqui e confira! Agora, vamos ao que realmente interessa?

O que é sondagem rotativa?

Ela é um método de investigação em que se usa um conjunto moto-mecanizado para realizar a perfuração de rochas, através de movimentos perfurantes dados por força de rotação e penetração, que unidos têm a ação cortante. As amostras rochosas retiradas nesse método de sondagem são contínuas e possuem o formato cilíndrico.

Esse tipo de sondagem é realizado para identificar o comportamento dos maciços rochosos existentes em determinado local, ou quando o solo se torna impenetrável à percussão (SPT). Ela pode ser executada em conjunto com a sondagem SPT, tornando-se uma sondagem mista. É identificada com a sigla SR, seguida de seu número indicativo, que deve ser crescente, não importando o local, fase ou objetivo da investigação. Se tiver a necessidade de mais de um furo num mesmo local, ele deve ser identificado pelo mesmo número que o primeiro, seguido por uma letra, começando pelo A, depois B, C, D, E etc..

 

Nessa sondagem, devem constar, no mínimo, os seguintes equipamentos:

  • Tripé;
  • Sonda rotativa com acionamento manual, elétrico ou hidráulico;
  • Sistema de circulação de água: constituído por conjunto motor-bomba, tanque e mangueiras;
  • Hastes: Tubos com tamanho de 1,5 a 6m, ligados por niples, que tem a função de transmitir movimentos de rotação e perfuração à ferramenta de corte, além de conduzir água para refrigerar e limpar o furo;
  • Barriletes simples, duplo-rígidos ou duplo-livres: tubos que recebem o testemunho;
  • Coroas: elemento de corte;
  • Revestimento: serve para estabilizar o furo, quando necessário;
  • Caixas de testemunhos.

De acordo com um documento do DEINFRA, o diâmetro dos furos e testemunhos devem ter as seguintes dimensões:

Tabela de nomenclaturas e diâmetros de furos e testemunhos de acordo com D.C.D.M.A.

Como se executada uma sondagem rotativa?

Antes de tudo, é preciso que a área a realizar a sondagem esteja limpa, sem qualquer tipo de obstáculo (em caso de terrenos secos). Em volta da sonda, deve-se cavar uma vala, a fim de se desviar a água da chuva (caso ocorra) e também para prender bem firme o equipamento no solo, fazendo com que se transmitam, minimamente, as vibrações dele para a composição da sondagem.

Para terrenos molhados, a sondagem deve ser realizada numa plataforma flutuante ou fixa, bem presa e calçada, cobrindo, no mínimo, a área dos pontos de apoio do tripé ou um raio de 1,5m, contado a partir dos contornos da sonda.

Tanto com o terreno seco, quanto molhado, a sonda deve estar bem nivelada com o local, antes de qualquer movimento inicial para a execução da sondagem.

Após a instalação do equipamento no local, as manobras devem ser iniciadas. Elas consistem em ciclos sucessivos de corte da rocha e retirada dos testemunhos. O tamanho da manobra fica em função do comprimento do barrilete e da qualidade do material obtido. Em cada fim de manobra, o barrilete é tirado do furo e os testemunhos obtidos são, cuidadosamente, removidos e guardados na caixa de testemunhos.

De acordo com os testemunhos obtidos, é possível realizar a classificação do material rochoso, presente no local. Além disso, com os resultados dos testemunhos se determina o índice de qualidade da rocha, ou RQD (Rock Quality Designation), calculado dessa forma:

Onde:

l>10cm: comprimento dos fragmentos recuperados com comprimento maior que 10cm;

lbarrilete: comprimento total do barrilete usado na manobra.

A partir do resultado do RQD, as rochas são classificadas, conforme tabela abaixo:

Além do RQD, através da sondagem rotativa é possível classificar os índices de alteração, coerência e fraturamento da rocha.

Bom galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza? Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

 

0 Comentários

Deixe seu comentário.

SiteLock