Programando a Lilypad com o Arduino Uno

Olá, meus queridos caiçaras! Hoje é quarta-feira e vamos abordar um assunto bem interessante. Você conhece a Lilypad? Já ouviu falar desse modelo de Arduino? Sabia que é possível gravar, realizar uploads de sketchs sem o conversor FTDI? Antes de tudo, vamos apresentar essa plaquinha:

Conheça a Lilypad

Essa simpática plaquinha foi desenvolvida para aplicações em tecidos e circuitos vestíveis, muito utilizada para essa finalidade. Além de ser compacta, seu formato foi pensado para facilitar a utilização de linha condutiva, para interligar à outros dispositivos.  Suas especificações são:

  • Microcontrolador: ATMega168 ou ATMega328
  • Tensão de Operação: 2,7 à 5.5V
  • Pinos digitais de I/O: 14
  • Pinos PWM: 6
  • Entradas Analógicas: 6
  • Corrente máxima por pino de I/O: 40mA
  • Memória Flash: 16KB (2KB utilizados pelo bootloader)
  • EEPROM: 512 bytes
  • Clock: 8Mhz
Fonte: https://www.sparkfun.com/products/13342

Caso tenha interesse em visualizar seu diagrama esquemático, além de maiores detalhes dessa placa, veja no site Arduino, com a descrição completa.

Hardware Necessário

Geralmente, trabalha-se com essa placa junto a um conversor FTDI. Mas, vamos supor que seu conversor queime, ou você não o tem disponível no momento, o que fazer?

Bem, se você tiver um Arduino Uno disponível, pode contornar facilmente esse problema… Para isso, precisaremos dos seguintes materiais:

  • 1 Arduino Uno
  • 1 Lilypad Arduino
  • Fios Jumper
*Obs.: Retire o microcontrolador do Arduino Uno antes de prosseguir com as ligações abaixo (tenha cuidado). Assim, evitará quaisquer conflitos, quando realizar o Upload do código para a Lilypad

Realize as conexões, conforme o diagrama abaixo:

Veja a ligação na prática… Observe que retirei o Atmega328 do meu Uno:

Finalizando as conexões de hardware, pluge o cabo USB no Arduino e no computador e vamos ao software.

Realizando o upload do sketch

Com o cabo já conectado no seu Arduino Uno e as conexões, devidamente, realizadas, abra a IDE do Arduino e siga o seguinte passo a passo:

  1. Tools > Board > Lilypad;
  2. Tools > Processor > ATMega328;
  3. Tools > Programmer >AVRISP mkll.

Feito isso, verifique se a porta USB está devidamente conectada e abra o exemplo: Blink Led, File > Examples > Basics > Blink. Com isso, aparecerá o clássico Blink Led e você clicará em Upload. Assim, o sketch será compilado e enviado para a placa. Com a mensagem de sucesso, o led embutido da sua Lilypad começará a piscar ;).

Viu como é bastante simples? Caso você não tenha o conversor FTDI, isso poderá lhe salvar algumas vezes. Assim como na Lilypad, outros modelos, como Pro Mini, podem ser programados com seu Arduino Uno.

Bom, eu espero que o artigo tenha lhe auxiliado! Se você gostou da postagem, tem alguma dúvida ou sugestão, não deixe de comentar aqui em baixo! Terei o prazer de responder e, juntos, aprender um pouco mais sobre o quão incrível pode ser a Engenharia.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos para ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

 

 

 

2 Comentários


Deixe seu comentário.

SiteLock
%d blogueiros gostam disto: