Tipos de Fontes no LTSpice

Beleza pessoal?Vamos continuar nossa série de artigos, para entender um pouco mais sobre o LTspice. O Isis Proteus é um software fantástico! Mas, o LTspice também tem alguns fatores que o deixam interessante.Principalmente por: ser gratuito, funcionar muito bem e, ao meu ver, proporciona a nós, usuários, mais de autonomia para simular modelos spice.

Chega de BlaBlaBla!Vamos Direto aos Tipos de Fontes no LTspice.

Os possíveis tipos de fontes para simular são:

  • Fonte de Tensão
  • Fonte de Pulso
  • Fonte de Tensão Senoidal
  • Fonte de Tensão Exponencial
  • Fonte SFFM (Single Frequency FM)
  • Fonte PWL (Piece-Wise Linear)
  • Fonte PWL File

Fonte de Tensão

Monte o circuito a seguir. Se necessário, consulte o artigo anterior para entender o básico de como montar circuitos no LTspice.

Lembrando que, na barra de ferramentas você encontra, diretamente, alguns componentes.Mas, para obter a fonte de tensão, clique no botão [Component] e será mostrado a janela [SelectComponentSymbol].

Na janela [SelectComponentSymbol], procure a opção [Voltage], que se encontra mais a direta e clique no botão [OK].

O Tipo ‘Voltage’!

Com o circuito montado, posicione o mouse sobre o componente ‘Voltage’, o ponteiro do mouse se transformará numa mão.Então, pressione o botão direito do mouse e a seguinte janela será visualizada.

Clique no botão [Advanced] e a janela [IndependentVoltageSource] será visualizada. Perceba que, nessa janela temos as várias opções de fontes de alimentação.Mas, para o caso de Fonte de Tensão mantenha selecionado a opção (none), e no campo [DC value] entre com o valor 10, conforme mostrado a seguir.

Para o tipo de Fonte de Tensão, que é mais utilizada, não haveria a necessidade de acessarmos a janela [IndependentVoltageSource]. A janela anterior já era suficiente, para ajustarmos a tensão da fonte.E, se for uma fonte não ideal, também se deve inserir a resistência interna da mesma, conforme mostrado a seguir.

Sou Igual ao São Tomé. Quero Ver Para Crer!

Agora, vamos simular e visualizar a forma de onda da Fonte de Tensão. Com o circuito montado e ajustado, conforme mostrado a seguir, na barra de ferramentas, clique no botão [Run].

Também, configure a análise de transientes com duração de 100ms.

A simulação já está rodando.

Selecione a janela do circuito, faça a medição sobre o resistor, e a forma de onda da tensão da fonte será mostrada na janela superior.

Bem, vamos parar por aqui e daremos continuidade no próximo artigo.

Gostou? Se sim, compartilhe e de seu feedback! Caso tenha dúvidas, comente aqui abaixo.

Ismael Lopes

0 Comentários

Deixe seu comentário.