PWM com o CI 555

Olá, meus queridos caiçaras! Hoje, para continuar a série de postagens com circuitos simples e seu layout em PCB, vamos a outro exemplo com o famoso CI 555. Ele, que esteve presente no post passado e, inclusive, tem um artigo com um circuito explorando o modo monoestável, com a placa disponível para download. Não deixe de conferir clicando aqui.

Por que fazer outro circuito com 555?

Simples, pelo baixo custo e sua versatilidade! O CI 555 é muito famoso, fácil de encontrar e a grande maioria dos cursos técnicos e graduações em Engenharia vão pedir para você montar algo com esse camarada. Então, nada melhor do que compartilhar um pouco mais de suas aplicações.

O CI é composto de 23 transistores, 16 resistores e 2 diodos. Tão simples, mas muito bem pensado e merece ser chamado de coringa da eletrônica rs.

Bom, sem mais delongas, vamos à lista de materiais necessários para montagem do circuito.

Lista de materiais

1 – CI NE55 ou outro 555 como LM555;

1 – Resistor 1kΩ;

1- Resistor 100Ω;

1 – Resistor 680Ω;

1 – Potenciômetro 100kΩ;

1 – LED Difuso 5mm ou o que desejar;

3 – Diodos 1N4007 ou outro que desejar (verifique os parâmetros no datasheet);

1 – Capacitor cerâmico 10nF;

1 – Transistor TIP31;

1 – Capacitor eletrolítico 0,1uF;

1 – Conector borne KRE 2 vias;

Caso queira montar o circuito em uma placa de circuito impresso, você pode comprar itens adicionais como: uma placa e fenolite face simples 5 x 5 cm, percloreto de ferro e caneta para retroprojetor, além de contar com ferro de solda e estanho, para realizar a solda dos componentes na placa.

Funcionamento e diagrama esquemático

O 555 trabalhará no modo Astável, funcionando com um gerador de pulsos, onde o mesmo poderá ter seu ciclo de trabalho modulado através do potenciômetro. Através dessa modulação, é possível controlar a velocidade do motor. Ao girar o potenciômetro para um lado (sentido anti-horário), o motor não vai se mexer. Isso porque, o potenciômetro estará com o valor máximo de resistência.  Ao mover o potenciômetro (sentido horário), o motor girará e, quando deixarmos na outra extremidade, o mesmo o fará na velocidade máxima. Pois, sua resistência será praticamente nula, sendo o ciclo de trabalho, praticamente, 100% em estado alto.

Bom, como o foco é bastante prático e, a explicação, bastante simples. Caso você se interesse em entender, detalhadamente, o que ocorre, recomendo ler o seguinte material: http://www.newtoncbraga.com.br/index.php/eletronica/57-artigos-e-projetos/9911-pwm-com-o-555-col130. Com certeza, vale muito a pena.

O diagrama foi desenvolvido utilizando o software Proteus Professional (ISIS) e está a seguir:

Como venho fazendo nos posts anteriores, veja o layout da placa de circuito impresso. O mesmo foi criado utilizando o Proteus Professional 8, mais precisamente o ARES.

Visualizando a placa de uma forma mais amigável rs.

Caso tenha interesse em montar o circuito na placa de circuito impresso, deixarei disponível para download o layout criado, utilizando o Proteus Professional (ARES), em conjunto com os demais arquivos. Caso precise analisar algum detalhe, não deixe de clicar aqui.

Para finalizar…

Bom galera, eu espero que este artigo tenha lhe auxiliado de alguma forma. Trouxe mais uma das inúmeras aplicações do 555, que, com certeza, é um dos CIs criados mais versáteis. Como de praxe, todos os arquivos estão disponíveis para download e, caso tenha dúvida, deixe um comentário. Terei o prazer de responder!

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos para ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

2 Comentários

    • Uilmann, boa noite!

      Praticamente você vai alterar todo o circuito. A interface entre o 555 e a carga deverá conter componentes que suportem tal corrente, além disso, sugiro que trabalhe com acopladores ópticos para isolar o circuito de comando do circuito de potência.
      Em resumo, é praticamente um novo projeto. Caso tenha dúvidas em relação a como especificar os componentes, pode enviar um e-mail para yhan.christian@engenheirocaicara.com

      Abraços e não deixe de nos acompanhar!


Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: