Primeiros Passos com NodeMcu – Começando a “blinkar”

Olá meus queridos caiçaras, tudo certo? Bom, no post de hoje vou iniciar uma série de introdução ao Nodemcu. Essa plaquinha está, realmente, sendo muito utilizada em projetos com IoT, devido a sua aceitação na comunidade e, o principal, o custo é relativamente baixo. Aliando a comunidade que vem crescendo e um custo acessível, o Nodemcu, que utiliza o ESP8266, veio pra ficar.

O que é o Nodemcu?

A placa de desenvolvimento Nodemcu utiliza o chip ESP8266, interface usb e trabalha com 3.3V. Ele pode ser programado através da IDE do Arduino, ou através da linguagem de programação Lua.  Apesar da pouca quantidade de IOs disponíveis, essa placa tem sido muito utilizada para projetos IoT. Isso se dá devido à possibilidade de utilizar a IDE do Arduino, facilitando bastante a codificação e suas dimensões, é uma placa pequena. Veja mais detalhes na imagem a seguir:

Obs.: Existem outras placas e versões da família ESP8266. Mas, vamos manter o foco apenas no kit de desenvolvimento Nodemcu, que utiliza mais precisamente o ESP-12E.

Antes de começar a mexer na IDE…

Antes de tudo, você deve plugar o Nodemcu no computador. Você perceberá que o Windows realizará a instalação dos drivers automaticamente. Você pode confirmar isso, acessando gerenciador de dispositivos e verificar a COM, a qual foi atribuído o seu módulo.

Finalizada essa etapa, vamos preparar a IDE do Arduino para poder programar o Nodemcu.

Preparando a IDE

Para programar a placa na IDE do Arduino, ao abrir a IDE, vá à opção Arquivos > Preferências. Ao clicar nas preferências, aparecerá uma tela e no campo URLs adicionais de Gerenciadores de Placas, adicione a seguinte url:

http://arduino.esp8266.com/stable/package_esp8266com_index.json

Após adicionar a url clique em OK. Agora vá para Ferramentas > Placas > Gerenciador de Placas. Aparecerá uma tela com diversas placas, que podem se comunicar com IDE do Arduino. No campo “Refine sua busca” digite esp8266. Aparecerá a opção para instalação, conforme a imagem a seguir:

No meu caso, como já tenho instalado, não será exibido o botão instalar. Você, que não tem instalado, clique em Instalar.  Aguarde alguns segundos e já estará instalado. Ao finalizar a instalação, clique em Fechar.

Por fim, mas não menos importante, selecione a placa Nodemcu para utilização. Caso você não faça isso, com certeza no momento de Carregar o sketch, vai se deparar com um erro. Para isso, é bastante simples! Clique em Ferramentas > Placa > NodeMCU 1.0 (ESP- 12E Module). Feito isso, verifique se a porta COM no Arduino está habilitada e vamos ao primeiro exemplo.

Vamos “blinkar”

Tudo começa pelo hello world, então vamos fazer um blink led, utilizando o exemplo abaixo:

O funcionamento é bastante simples… O led permanecerá em nível lógico alto durante 1s e em nível lógico baixo durante 1s, piscando infinitamente enquanto o circuito permanecer energizado.

Para montar o circuito você precisará de :

1 – Protoboard;

1 – Resistor de 330Ω;

1 – LED Vermelho 5mm ou a cor que desejar;

Fios Jumpers .

A montagem na matriz de contatos ficará conforme imagem a seguir:

Após finalizar montagem, plugue o USB no Nodemcu e no computador. Feito isso, clique em Verificar para checar se há algum erro. Após essa verificação, clique em Carregar para passar o código fonte para a placa. Com isso, o código é carregado e você já vê a mágica acontecendo :D’

Vamos criar nosso primeiro Webserver?

As possibilidades com o Nodemcu são muitas e ele caiu nas graças do público maker. Isso se deve pela possibilidade de trabalhar com Wifi e, para isso, vamos a nosso primeiro exemplo de webserver, que funcionará da seguinte maneira.

O WebServer controlará o estado do led, através de uma página HTML. Ao se conectar a rede Wifi e receber um IP, você poderá acessar este IP pelo navegador e realizar o controle do led. Através do botão “LIGAR“, você acionará o led e o botão “DESLIGAR“, desligará o led, respectivamente.

Obs.: Particularmente, eu recomendo o uso do navegador Mozilla Firefox.

Bom, o código está abaixo com os devidos comentários:

Após digitar e ou copiar o código, clique em Verificar para checar se há algum erro. Depois dessa verificação, clique em Carregar para passar o código fonte para a placa. Não se preocupe, não há nenhuma alteração no circuito, portanto mantenha com o led conectado. Ao carregar o código para a placa, abra o Monitor Serial e deixe a velocidade de baud-rate em 115200. Ao se conectar a rede e atribuir um IP, será parecido conforme a imagem a seguir:

Testando no navegador …

Após concluir esse processo, acesse o IP informado e verifique a interface HTML. Ao clicar no botão LIGAR, o led acenderá e aparecerá uma mensagem informando que o led está ligado.

Ao pressionar o botão de DESLIGAR, aparecerá uma mensagem, informando que o led está desligado.

A interface não está das mais bonitas (rs). Afinal, web não é o meu forte e nosso objetivo, no post, foi realizar uma introdução ao Nodemcu e suas possibilidades. Para isso, foquei em uma interface simples, para mostrar a aplicação.  Isso é só o começo! O mundo com essa placa é infinito e, cada vez mais, ela vem ganhando espaço na comunidade. Realmente, veio para ficar. Com certeza no blog, vamos explorar ainda mais os recursos dessa placa.

Bom galera, eu espero que tenham gostado. Se você tem qualquer dúvida ou sugestão, deixe seu comentário. Terei o prazer de responder. Além disso, não deixe de compartilhar este artigo, pois sua dúvida pode ser a de outras pessoas.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos para ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

0 Comentários

Deixe seu comentário.