Primeiros passos com Arduíno: Sensores o que são e para oque servem

Olá meus queridos caiçaras! Continuando a série de primeiros passos com o Arduíno, nesse artigo vamos explicar o que é um sensor e qual sua finalidade e, é claro, mostrar um exemplo prático com o Arduíno. Afinal, acredito que você só aprende fazendo! Mas vamos ao que interessa.

A definição mais clássica para sensores é que, são dispositivos que respondem a um estímulo externo de maneira físico/químico de maneira específica e mensurável, como por exemplo: pressão, temperatura, umidade, corrente elétrica etc.

Os sensores são muito utilizados em sistemas de controle, para análise de diversos parâmetros de máquinas industriais e também nas mais diversas aplicações. Para extrair o máximo deles, é essencial compreender seu real funcionamento e a leitura de seu Datasheet. Ainda, podemos contar com sensores que podem ser lidos de forma digital, (pois possuem um circuito eletrônico para interpretação do sinal e conversão), e outros que devem ser lidos de maneira analógica (em que, através do microcontrolador, realizamos a leitura e interpretação dos valores).

Vamos utilizar um sensor de temperatura e umidade DHT11, que conta com um circuito interno. Esse faz a leitura das grandezas e utiliza um único fio de barramento, recomendo a leitura do seu Datasheet como lição de casa, rs :)’.

O primeiro passo é ter a biblioteca previamente instalada em seu computador, se você tem alguma dúvida em relação a isso, recomendo que volte ao post anterior que trata justamente desse tema.

Com IDE aberta do Arduíno, escreva o código fonte do exemplo abaixo:

Após finalizar o código fonte, clique em Verificar a fim de checar se há algum erro. Caso tenha algum erro, recomendo que releia o código e verifique se a biblioteca foi incluída :).

Agora é necessário montar o hardware para testar o funcionamento do sensor.

A montagem é muito simples conforme na imagem abaixo:

Sem título

Após finalizar montagem, plugue o USB no Arduíno e no computador, clique em Verificar para checar se há algum erro. Após essa verificação, clique em Carregar, para passar o código fonte para a placa. Por fim, clique no Monitor Serial e veja os valores sendo exibidos de temperatura e umidade. Pronto, com isso você já consegue ver uma aplicação prática de um sensor e como o uso de bibliotecas auxiliares facilita, e muito, na prototipagem e teste de ideias para seus projetos.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos e produzir ainda mais conteúdos para ajudar mais e mais pessoas.

 

Muito obrigado, até a próxima!

Yhan Christian

0 Comentários

Deixe seu comentário.