Plataforma BIM: Estágios para Implantação

Fala galera, tudo certo?! Hoje, prosseguiremos em nossa série de artigos sobre a Plataforma BIM, falando sobre os estágios necessários para sua implantação, dentro de um país. Caso você não tenha lido o artigo da semana passada, em que expliquei o que é a Plataforma, sugiro que clique aqui antes de continuar lendo esse artigo. Agora, se você já está por dentro do assunto, role essa tela para baixo e continue conferindo esse artigo!

Por que sua implantação é dividida em estágios?

Como tudo na vida e com a Plataforma BIM não seria diferente, não dá para realizar uma mudança do dia para a noite, sem que haja consequências drásticas. Quando se está acostumado com uma forma de elaborar e gerir projetos, é necessário um período de adaptação. E, isso ocorre para que um novo formato seja inserido de maneira eficiente.

Logo, pode-se dizer que, em geral, os estágios em que se divide a implantação da Plataforma BIM estão divididos da seguinte forma:

Estágio zero: Pré BIM

Pode-se dizer que, essa é a fase em que o Brasil se encontra hoje. Nela, os projetos ainda são feitos através do CAD 2D, com alguma coisa sendo representada em softwares de modelagem 3D. Entretanto, os documentos gerados dentro do projeto ainda são desassociados (cada documento é gerado por vez), não havendo colaboração entre aqueles ligados ao projeto. E, como explicamos no primeiro artigo dessa série, a metodologia de gestão usada aqui está ligada à cooperação.

Estágio um: Modelagem

Nessa fase, há o primeiro contato com a Plataforma BIM. Os projetos começam a ser feitos em softwares com os princípios BIM e divididos, conforme sua especialidade. Aqui, o trabalho de projetar e criar documentos começa a ficar automático, além da visualização tridimensional facilitar a compreensão do projeto. Porém, o princípio colaborativo ainda não é empregado na gestão de projetos. Isto é, usa-se as ferramentas BIM, porém a comunicação entre o pessoal envolvido no projeto ainda continua sequencial.

Estágio dois: Colaboração.

Como o próprio nome já diz, nessa fase é que, de fato, as pessoas ligadas ao projeto começam a aplicar os princípios colaborativos em seu trabalho. Além de usar os softwares com os princípios da plataforma, aqui, as diversas especialidades de projeto começam a ser modeladas em um único modelo virtual. Porém, embora haja colaboração nas primeiras etapas do ciclo de vida da obra, a comunicação, nesse estágio de implantação, ainda prossegue de forma assíncrona.

Estágio três: Integração.

Essa é a fase em que todo o ciclo de vida da obra é regido sobre os princípios colaborativos da Plataforma BIM. Aqui, os modelos virtuais gerados e compartilhados possuem alto grau de sofisticação, possibilitando análises mais detalhadas e maior troca de informações sobre o projeto, em qualquer fase da obra. Além disso, é nessa fase em que a comunicação entre as diversas disciplinas de projeto é realizada com completa sincronia.

Estágio final: Entrega de Projeto Integrado (IPD)

Bom, é nessa fase que todo o ciclo de vida do empreendimento é regido pelos princípios colaborativos. Aqui, o modelo virtual integrado, além de obter as informações necessárias para as fases de projeto e execução da obra, também possui os dados para a operação e manutenção da edificação depois de pronta.

E, quando um país chega nesse nível com a Plataforma BIM, pode-se dizer que sua implantação está completa. Na próxima semana, vamos falar sobre a implantação da Plataforma BIM aqui no Brasil. Então, espero vocês aqui no EC!

Concluindo…

Bom galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza?

Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

0 Comentários

Deixe seu comentário.