O que rolou antes da obra estar ali: Orçamento em 3 níveis

Fala galera, tudo certo?! Bom, no post de hoje, vamos continuar nossa série sobre planejamento de obras. E, o assunto que abordaremos dessa vez será os três níveis de abordagem do orçamento, que devem ser considerados na sua elaboração. Se você não viu o artigo da semana passada, em que explicamos o que era orçamento, sugiro que clique aqui, antes de prosseguir. Agora, se você já está por dentro do assunto, rola a tela para baixo e…. Boa leitura!

Orçamento em 3 níveis

Quando falamos de orçamento, devemos levar em conta 3 níveis diferentes de abordagem para sua elaboração:

  • Estudo Preliminar;
  • Anteprojeto;
  • Projeto Executivo.

No Estudo Preliminar, o orçamento tratará de custo limite. Isto é, será comparado se a capacidade financeira do investidor bate com o levantamento inicial necessário, para a realização daquele empreendimento.

Já no Anteprojeto, o orçamento mostrará a estimativa de custo. Em outras palavras, serão estabelecidos alguns critérios, dos quais permitirão, ainda que de forma empírica, a realizar uma avaliação de custos perto da realidade futura.

E, no Projeto Executivo, o orçamento trata da previsão REAL de custos, para a execução propriamente dita da construção. Ou seja, nessa abordagem, ele deve atender à realidade, pois aqui tratamos do custo calculado. Como já falamos no post passado, o orçamento nos mostra o custo provável de uma obra futura. E, para atender às expectativas, a diferença entre a realidade e o planejado nessa fase, deve ser a menor possível.

Orçamento Sumário e Orçamento Detalhado: Entenda a diferença entre eles…

Podemos dividir o orçamento em dois tipos diferentes: o Orçamento Sumário e o Orçamento Detalhado.

O Orçamento Sumário é o método mais superficial para se realizar uma avaliação de custos. Isso porque, nele é considerado o preço total da construção. Para isso, usa-se como base o produto da área construída do empreendimento, pelo custo da unidade em metros quadrados (m²). Com base nos índices da construção civil, é possível até detalhar o custo por m² provável, de cada fase da construção.

Já o Orçamento Detalhado é a forma mais precisa dentro da avaliação de custos. Isso porque, o profissional considera, no cálculo, todas as fases que compõe a realização de um empreendimento, minuciosamente. Dentro de cada fase, o mesmo tem de levar em conta:

  • A aquisição de materiais;
  • Contratação de mão de obra;
  • A administração geral;
  • O pagamento de todos os impostos, taxas e leis sociais;
  • Definição do BDI (Bonificação das Despesas Indiretas).
Para assim, formar o Preço Final de Venda. Para a elaboração do Orçamento Detalhado, faz-se necessário o entendimento dos seguintes elementos:
  • Análise e entendimento do projeto: usa-se todos os elementos disponíveis nessa documentação (plantas baixas, cortes, elevações, detalhes construtivos, memorial descritivo e caderno de encargos), para realizar o quantitativo de todos os serviços necessários;
  • Calcula-se, então, o preço unitário do empreendimento (preço de mercado): isto é, o custo dos elementos que compõem uma unidade de serviço (material, mão de obra, encargos sociais etc.);
  • Realiza-se a composição de preços: em tal composição, são considerados os custos dos materiais envolvidos, mão de obra e eventuais equipamentos (aluguel ou compra), leis sociais e BDI;

E, por fim, elabora-se a Planilha de vendas, que é o documento final apresentado ao cliente, juntamente com a proposta comercial de vendas. Ali, são apresentados todos os serviços a serem executados, bem como os documentos fiscais de habilitação da empresa, equipe técnica, equipamentos, sua infraestrutura, o cronograma físico-financeiro, além do documento que garanta, comercialmente, que todos os serviços sejam executados, conforme acordado e negociado, previamente.

Concluindo…

Bom galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza?

Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

0 Comentários

Deixe seu comentário.