O que aprendi nas aulas de Concreto I: Sapata

Fala galera, tudo certo?! Bom, no post de hoje vamos finalizar o pré-dimensionamento de uma estrutura, falando sobre sapatas. Caso você não viu o artigo passado, em que falamos sobre o pré-dimensionamento de pilares, sugiro que você clique aqui, antes de prosseguir nesse artigo! Agora se você está por dentro do assunto, então role a tela para baixo e confira!

Para começo de conversa…

Bom galera, quando nós determinamos as cargas atuantes na parte de superestrutura (laje, vigas e pilares), no final elas têm que ser transportadas para o solo. E esse, por sua vez, deve reagir no mínimo com a mesma intensidade a essa carga, para que tenhamos estabilidade em nossa edificação. Entretanto, não podemos transferir, através dos pilares, essa carga diretamente para o solo. Isso porque, seria muita tensão ocorrendo no local, podendo ocasionar problemas, como o recalque da estrutura da edificação, por exemplo. Logo, para diminuir essa tensão que chega ao solo, são usadas as fundações, que no nosso caso em específico, são as sapatas.

Passo 1: Vamos determinar a área da sapata!

Para determinar a área da sapata, vamos usar a carga atuante (Nd) descoberta no cálculo do pilar e a tensão admissível do solo (σadm solo), informação essa adquirida através de um estudo do solo local (sondagem). Sendo assim:

Observação: Quanto melhor for o seu solo, ou seja, sua tensão admissível for mais alta, menor será a área da sua sapata.

Passo 2: Verificação de tensões e determinação das dimensões da sapata.

Agora que você determinou a área da sapata, está na hora de saber qual o tamanho que sua sapata terá… Para pré-dimensionar esse tamanho, vamos calcular a raiz quadrada da área da sapata. Isto é:

Onde:

A = C = Largura e comprimento da sapata.

Por uma questão de execução, as dimensões de uma sapata são arredondadas de 5cm em 5cm. Ou seja, se o cálculo anterior (raiz quadrada da área da sapata) for igual a 1,67m, as dimensões dessa sapata deverão ser arredondadas para 1,70m.

Após pré-dimensionar as medidas da sapata, temos que confrontar a tensão em relação à sapata com a tensão admissível do solo. Isto porque, se a tensão admissível do solo for menor do que a tensão em relação à sapata, isso significa que a estrutura exercerá mais força do que o solo poderá aguentar, causando sérios problemas na edificação. Logo, as medidas dessa sapata terão de ser alteradas.

Como verificamos isso? Simples, basta dividir a carga atuante Nd pela multiplicação entre as medidas A e C da sapata:

Logo se:

σadm solo > σsapata: O pré-dimensionamento das medidas da sapata está coerente.

σadm solo < σsapata: As medidas pré-dimensionadas da sapata precisarão de revisão.

Passo 3: Qual a altura da nossa sapata?

Para pré-dimensionar a altura da sapata, basta realizar os seguintes cálculos:

E, o hadotado será o maior dos dois resultados. Feito isso, agora temos só que determinar a altura da base da sapata (h0). E ela será dada pela seguinte fórmula:

E assim, terminei minha matéria de Concreto I na faculdade! Kkkkkkk

Na próxima semana, trarei um exercício completo fazendo o dimensionamento simples. Assim, aqueles que acharam abstrato o que eu falei poderão ver na prática esses cálculos!

Concluindo…

Bom galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza?

Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

0 Comentários

Deixe seu comentário.