Fonte simétrica +5/-5V

Olá meus queridos caiçaras, tudo bem? No post de hoje, vou dar continuidade a uma série de artigos mostrando, circuitos simples e bastante aplicados. Com o sucesso de projetos anteriores, não poderia de deixar de fazer novos e, claro, fornecer todo esquemático e layout de PCB para você, que acompanha este artigo.

Porque fazer uma fonte simétrica?

Assim como na bancada, você precisa de uma fonte ajustável, em diversos momentos. Isso porque, você vai precisar trabalhar com referencial de tensão negativo e, para isso, nada melhor do que uma fonte simétrica.

Nosso objetivo é fazer um projeto relativamente simples e de baixo custo.Por isso, trabalharemos com tensões de +5V e -5V, respectivamente. Sem mais delongas, vamos à lista de componentes necessários para montagem.

Lista de materiais necessários:

1 – Transformador 127/220Vac para 12Vac 500mA com center tap;

1 – Fusível 1A;

1- Chave HH 127/220V;

2 – Capacitor Eletrolítico 1000uF 25V;

1 – CI regulador de tensão 7805;

1 – CI regulador de tensão 7905;

2 – Capacitores de cerâmicos de 100nF 50V;

2 – Conector Borne KRE 3 vias.

Caso queira montar a fonte na placa de circuito impresso, você pode comprar itens adicionais como: uma placa de fenolite face simples de 5×5 cm, percloreto de ferro e caneta para retroprojetor, além de contar com ferro de solda e estanho, para realizar a solda dos componentes na placa.

Funcionamento e diagrama

O funcionamento de uma fonte simétrica é dividido nas seguintes etapas:

Onde:

Entrando a tensão da rede (127/220 Vac), o transformador rebaixa a tensão para 12Vac; O circuito retificador, composto  por 4 diodos (ponte retificadora), converte a tensão alternada em tensão contínua; Os capacitores filtram, atenuando o ripple;Por fim, existem dois reguladores, o 7805 responsável por manter a tensão em 5V e o 7905 responsável por manter a tensão em -5V. Para as ligações antes do transformador, como a chave HH, responsável por selecionar a tensão da rede, recomendo a leitura do artigo “Fonte ajustável de 1 à 24V”.

Agora, vamos ao diagrama esquemático, que mostra todas as ligações necessárias para devido funcionamento.

Quer fazer uma placa de circuito impresso?

Você quer montar o circuito deste artigo em uma placa de circuito impresso? Então, agora deixarei para vocês um exemplo de layout na placa de circuito impresso. Esse layout foi feito utilizando o Proteus Professional, mais precisamente o ARES.

Espero que esse post tenha lhe auxiliado. Os arquivos para download estão disponíveis, caso necessite analisar algum detalhe. Inclusive, o layout que fiz está disponível nos arquivos.Basta clicar aqui!

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos que possam ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

0 Comentários

Deixe seu comentário.