Explica isso melhor… Casas construídas em impressora 3D.

Fala galera, tudo certo?! No post de hoje, nós vamos mostrar um pouco sobre o uso de impressoras 3D para a construção de casas. Sim, com o mesmo princípio das incríveis máquinas que imprimem objetos em plástico, já é possível confeccionar casas.

Onde tudo isso começou?

Até onde nossas pesquisas sobre o assunto sabem, essa revolução teve início na China, com a empresa Winsun. Seu projeto teve início com a produção de um lote de casas impressas em 3D, na cidade de Xangai.

A impressora da empresa chinesa tem 6,6 metros de altura, 10 metros de largura, por 32 metros de comprimento. O equipamento possui a capacidade de produzir, aproximadamente, 200m² de paredes inteiras (o equivalente a 10 casas) em 24 horas. As peças são confeccionadas camada por camada e montadas no local da obra.

Fonte: Site Global Wood

Quais são as vantagens desse método construtivo?

O material utilizado para a impressão dessas casas é composto por cimento e resíduos de construções reciclados. Tal fato contribui, tanto para a conservação do meio ambiente, quanto para o custo final da casa impressa. Ela custa, por volta, da metade do preço de uma construção convencional na China.

Esse método de construção vem beneficiando famílias de baixa renda, devido ao preço atrativo do produto final, ou seja, as casas. Além do preço, outra vantagem é dada pela rapidez da construção, uma vez que, tais moradias podem ser edificadas em 1 único dia. Além desses dois fatores, também se leva em consideração a qualidade das casas construídas dessa forma.

Uma última vantagem que podemos citar nesse artigo é o fato da flexibilidade da impressão das peças. Isso porque, tais elementos podem ser impressos com as aberturas para materiais de isolamento, revestimento, instalações prediais (elétrica, hidráulica e telefonia), esquadrias etc.

Vamos deixar aqui abaixo um vídeo, mostrando como funciona essa impressão. Não está traduzido, mas dá para entender o principal e isso é o mais importante! Kkkk…

Bom galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza? Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

 

0 Comentários

Deixe seu comentário.