Diodo 1N4007 da VISHAY no LTspice

Beleza pessoal! Vamos continuar nossa série, aprendendo eletrônica com o LTspice. Nesse post, vamos trabalhar com o Diodo 1N4007 da VISHAY e o intuito é, também, aprendermos sobre Datasheet e Spice Model.

Atualmente, é muito comum pesquisarmos tudo no Google para obter o que desejamos. Dessa vez, não será diferente.Então, pesquise ‘Datasheet 1n4007 spicemodel’.

Resultado da Pesquisa no Google

Um dos links da pesquisa foi a página do fabricante de semicondutores chamado VISHAY. Nessa página, encontramos um link para baixar o Datasheet e o Modelo Spice.

Download do Datasheet e do Modelo Spice do 1N4007 da VISHAY

Salvei o Datasheet numa pasta de trabalho com o seguinte nome: ‘1N4001_7.pdf’. E, salvei o Modelo Spice numa pasta de trabalho com o seguinte nome: ‘1N4007.lib’. Segue o conteúdo do Modelo Spice desse diodo:

O Esquemático

Monte o circuito a seguir. Se necessário, consulte o artigo anterior para entender o básico de como montar circuitos no LTspice.

Apenas relembrando, na barra de ferramentas, clicando no botão [SPICE Directive] foi adicionado um comando ‘.LIB’, para incluir o Modelo Spice do diodo salvo no path mostrado.Portanto, o esquemático utilizará esse modelo da VISHAY, para simular o diodo 1N4007.

Outro detalhe é que estou usando o tipo de simulação [DC sweep] com os seguintes parâmetros. Observe que o LTspice adiciona, automaticamente, esse comando no esquemático.

Interpretar as Informações do Datasheet

No Datasheet, vamos analisar as características primárias mais relevantes desse diodo.

IF(AV) – Corrente média máxima, quando polarizado diretamente (conduzindo)

VF – Tensão máxima, quando polarizado diretamente (conduzindo)

IR – Corrente Reversa máxima, quando polarizado reversamente (cortado)

VRRM – Tensão Reversa Repetitiva máxima (cortado)

TJmáx. – Temperatura máxima na junção

Nosso foco será na região de condução

O circuito, que montamos no LTspice, tem como objetivo obter a curva característica desse diodo na região de condução. Quero destacar nesse artigo que, qualquer componente se comporta, conforme sua curva característica.Então, vamos provar esse fato.

Vamos simular esse circuito e observar a forma de onda de corrente no diodo:

Essa curva determina o comportamento desse diodo, na região de polarização direta, conduzindo. Podemos, para cada valor de corrente, obter a queda de tensão sobre o mesmo.

Por exemplo, podemos ver que, se circular uma corrente de 350mA no diodo, a queda de tensão sobre o componente será 810mV. Vamos montar outro circuito para comprovar?

Segundo sua curva característica,350mA corresponde uma queda de 810mV

Observe os valores de tensão na escala da esquerda e os valores de corrente na escala da direita. Então, realmente 350mA passando pelo diodo, provoca uma queda de tensão de 810mV.

Outra Análise Interessante – Temperatura máxima na junção do diodo

Já foi postado como analisar dissipação de calor. Então, aqui vamos conferir se a máxima potência, dissipada pelo 1N4007, não causará danos ao mesmo. Considerar uma temperatura ambiente de 35°C.

No Datasheet do 1N4007, encontramos a seguinte informação de Resistencia Térmica: RϴJA = 50 [°C/W] (junção para o ambiente).

Pelo Datasheet, sabemos a máxima corrente suportada e, pela curva característica, obtemos com maior precisão a queda de tensão sobre o diodo, nas região de condução.

É Isso Pessoal!

Estamos reforçando conceitos e, ao mesmo tempo, brincando com o LTspice.

Gostou? Se sim, compartilhe e de seu feedback! Caso tenha dúvidas, comente aqui embaixo.

Ismael Lopes

 

 

0 Comentários

Deixe seu comentário.