Curso técnico antes da engenharia prós e contras

Olá, meus queridos caiçaras tudo bem? No post de hoje, vamos mudar um pouco o foco e sair um pouco dos tutoriais. Afinal, nós do blog EC, buscamos compartilhar nossas experiências, histórias e tentar de alguma forma ajudar a você, querido leitor. Bom, hoje algo que assombra, e muito, os estudantes de engenharia: é fundamental fazer o curso técnico antes do curso? Serei um bom engenheiro sem um curso técnico? Entre outras dúvidas… Pois bem, vou dar minha opinião e gostaria da contribuição de vocês nos comentários! Agora, role a tela para baixo e acompanhe o artigo.

Vantagens de fazer um curso técnico

Bom, vou listar 3 principais vantagens de fazer um curso técnico antes da graduação e como isso tem me auxiliado (sim, eu fiz um curso técnico antes de começar a faculdade rs).

  1. Enxergar na prática os conceitos apresentados: Ao longo do curso técnico, você aprende teoria, mas com o foco total em atividades práticas. Já na Engenharia, o foco é muito mais teórico e isso, de primeiro momento, é complicado de entender para quem começa o curso. Compreender conceitos de tensão, corrente, entre outras grandezas, sem ter feito um técnico é complicado, mas não impossível;
  2. Facilidade em aulas práticas: Como mencionei acima, o curso técnico tem como foco a mão na massa. Logo, nas poucas aulas de laboratório em um curso de Engenharia, o aluno já com uma formação técnica, terá muito mais familiaridade com equipamentos e instrumentos de medição, conseguindo desenvolver a atividade sem grandes dificuldades;
  3. Compreensão do que fazer: Muitos que iniciam Engenharia após um curso técnico, já se identificaram com determinada área. Por exemplo, um Técnico em Edificações, opta por fazer Engenharia Civil, pois já vivenciou conceitos práticos e, provavelmente, já está inserido no mercado de trabalho. Sendo assim, optar por mudar de curso no meio do caminho é, praticamente, algo descartado e isso o ajuda na vida profissional.

Desvantagens de fazer um curso técnico

Nem tudo são flores… Às vezes, fazer um curso técnico antes da graduação é algo que o ajuda, mas não garante que terá sucesso na faculdade. Vamos aos itens:

  1. Ser o sabichão: Esse é o clássico! O professor até pega bronca do aluno que fez um curso técnico, profissionalizante ou qualquer coisa referente à área. E, ele acha que é a última bolacha do pacote, tenta sempre mostrar que sabe demais e peca em não buscar aprender. É importante deixar claro que, o foco da Engenharia é muito diferente do curso técnico. E, o aprofundamento teórico é importante para você compreender, a fundo, o que acontece.
  2. Não compartilhar conhecimento: Sim, isso é um grande erro. Principalmente em aulas práticas, onde geralmente quem tem experiência, sai fazendo e não explica para o colega que esta vendo aquelas ferramentas, pela primeira vez.  Isso é ruim para o aprendizado dos colegas de classe e lembre-se: você não nasceu sabendo!
  3. Não ouvir o próximo: Isso está relacionado ao primeiro item (ser sabichão). Você ignora a opinião alheia e, às vezes, pessoas de fora podem vir com uma solução, que você não enxerga. Confesso que, já deixei de ouvir colegas por pensar “isso eu sei fazer” e acabei cometendo erros bobos. Então, como dica, sempre ouça os conselhos e mantenha humildade.

Afinal, é necessário fazer um curso técnico antes da Engenharia?

A resposta é simples: NÃO! Você não precisa fazer um técnico, antes da Engenharia. O curso, com certeza, ajudará e muito, a escolher a Engenharia que mais combina com você. Ou, no pior caso, enxergar que determinada área não é o que você quer como profissão.

Eu (Yhan) digo que, o curso técnico é um norte. Mas, vejo muito colega que não fez técnico e no começo sofreu, teve dúvidas, correu atrás e hoje tem o mesmo ou, até mais, conhecimento que muito técnico por aí.

A resposta é simples: tendo ou não curso técnico, para ser um bom engenheiro, você precisa se dedicar, buscar pessoas que possam ser mentoras e orienta-lo, fazer networking e, principalmente, tentar compreender a aplicação dos conceitos aprendidos em sala de aula. Muito do que aprendemos no mundo real não usamos, mas é fundamental para criar o senso crítico e o modo engenheiro de pensar.

Para finalizar!

Bom galera, quero deixar bem claro que são minhas opiniões, baseadas em conversas e vivência, observando, compreendendo e, principalmente, aprendendo com as lições, que a vida nos proporciona. Gostaria de ver comentários com opiniões, quem concorda e quem discorda, além de pontos que não citei que poderiam ser citados pelos leitores.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos para ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

 

0 Comentários

Deixe seu comentário.