Construções extraordinárias: Muralha da China.

Fala gente bonita e gente feia, tudo bem?! Bom, hoje nas nossas construções extraordinárias, falaremos sobre a maior construção já realizada pela humanidade: A muralha da China! Um muro que demorou 20 séculos para ficar “pronto”, que conta através de seus elementos, a história de um povo.

1

 

Se você não viu o post da semana passada, que falamos da Torre Eiffel, sugiro que clique aqui e leia, antes de prosseguir nessa página. Mas isso é só uma sugestão… :)’

Você sabe como foi construída a Muralha da China?

A Muralha da China é considerada a maior construção já edificada pela humanidade, com seus 3.460 km de extensão. Naquela época, não existia engenheiro (afinal estamos falando do século III a.C.), então podemos citar como seu “primeiro construtor” o Imperador Shi Huangdi, idealizador do monumento.

2

O grande objetivo daquela imensa construção era, obviamente, formar uma barreira impenetrável ao redor do império chinês. Tanto o imperador que iniciou essa empreitada, quanto seus sucessores, utilizaram a mão de obra de milhões de operários e soldados para tal feito. Ao total, foram mais de 2,5 milhões de pessoas que trabalharam nessa obra, dentre eles, camponeses, soldados e bárbaros prisioneiros.

Um ponto interessante, que não pode deixar de ser citado sobre esse monumento, é a sua relação do mesmo com o relevo das regiões por onde passa. Tudo era utilizado a favor da defesa do império. A muralha tomava a forma curva, para seguir os acidentes naturais e possuía fortalezas e atalaias, nos pontos onde um ataque inimigo seria mais provável, como passagens das montanhas, cruzamentos entre as estradas ou meandros de rios nas partes planas.

Os mais diversificados materiais foram utilizados na construção da muralha: terra, pedra, madeira, telhas e tijolos. Devido à dificuldade de transporte, em cada região era usado um tipo de material: No alto das montanhas era comum o uso de pedras; Nas planícies, terra; No deserto de Gobi, areias, seixos e ramagens de tamargas; Nos bosques do noroeste, carvalhos, pinheiros e abetos. Apenas as seções construídas com pedras, telhas e tijolos sobreviveram ao tempo. Durante a dinastia Ming, foram construídos fornos ao pé da obra para a fabricação de tijolos, telhas e cal para a união dos elementos.

Muros de terra:

Durante a dinastia Qin, a muralha foi construída com terra: muros paralelos eram levantados com postes e tábuas, e enchidos com terra no espaço entre eles. A cada capa de terra de 8 a 10 cm, compactava-se o espaço com maços. O mesmo método foi usado na dinastia Ming, porém com camadas de terra mais espessas de 20 cm.

O seguinte método era usado para a edificação da muralha: primeiro eram feitas seções de pedra para o nivelamento do terreno; Depois eram postas uma série de lajes de pedra como fundação; Em seguida, levantam-se as paredes exteriores da muralha, enchendo o buraco entre elas com pedras pequenas, terra, entulhos e cal. Quando a construção atingia a altura desejada, era construída uma cobertura de tijolos, inclinada nas pendentes suaves ou escalonadas nas ladeiras com mais de 45 graus.

3

 

Medidas das seções da muralha:

Sua altura chegava de 6 a 9m, sua largura, 7,5m na base e 6m no topo. A cada 200m de extensão, no lado chinês da construção, há uma porta em forma de arco com uma escada que leva ao alto do muro. A parte superior do mesmo era usada como estrada e linha de defesa, por onde soldados conseguiam se mover com rapidez.

Na borda interior da muralha havia um parapeito de 1m de altura e no exterior, parapeitos de até 1,80m (usados para defesa de ataques). A cada 100 ou 200m se sobressaía uma plataforma, que era usada pelos soldados para ataques aos inimigos que testassem escalar a construção.

Entre 100 e 200m eram construídos aterros, para a moradia dos soldados: construções de 2 a 3 andares, de 9 a 12m de altura e 35 a 55m de largura na base.

Bom galera, por hoje é isso aí! Espero que você tenha gostado de descobrir um pouco mais sobre a construção desse monumento! Que nossa postagem tenha agregado algum valor aos seus conhecimentos. E, se você tem alguma sugestão de tema, ou quer deixar algum comentário sobre o assunto, poste aqui abaixo. Teremos o maior prazer em atendê-lo. Afinal, sua opinião é de extrema importância para o nosso crescimento.

Até a próxima!

Amanda Lima.

 

0 Comentários

Deixe seu comentário.