Como utilizar o módulo matriz 8×8 com MAX7219

Olá, meus queridos caiçaras! No post de hoje, vou falar sobre o uso do CI MAX7219, com uma matriz de led 8×8 controlada por um Arduíno. Recentemente, conheci uma ferramenta bem legal, que facilita e muito na hora de criar caracteres para o display. Então, postei no grupo Arduino Brasil, onde fiquei surpreso, pois teve uma boa quantidade de curtidas… Pensando nisso, resolvi escrever esse artigo, explicando o que pode ser feito com esse display e essa ferramenta, que é muito interessante!  Se você tem dúvidas de como usar esse display, role a tela pra baixo e acompanhe esse artigo do Engenheiro Caiçara, com passo a passo e exemplo prático do uso dele.

 

Como funciona uma matriz 8×8 de leds com MAX7219?

A matriz de leds 8×8 é formada por 64 leds, ligados de forma comum seja anodo ou catodo, a fim de reduzir a quantidade de pinos utilizados pelo microcontrolador, que o controlará, totalizando 16 pinos utilizados.

Fonte: https://www.embarcados.com.br/modulo-matriz-de-leds-com-max7219/

Bom, isso não é algo muito bom. Afinal, cada pino de I/O é importante e a função do CI MAX7219, é justamente diminuir ainda mais a quantidade de pinos necessários para comunicação com o microcontrolador, utilizando apenas os seguintes pinos:

  • DIN – Inserir os bits;
  • CS – Transferir os bits;
  • CLK – Clock definido pelo microcontrolador.

Essa comunicação é feita graças ao protocolo SPI (Serial Periphal Interface), onde é possível comunicar diversos dispositivos ao microcontrolador, caso você tenha dúvidas de como funciona esse e outros protocolos, confira e faça o download do E-book “Começando com o Arduino“.

O módulo utilizado já vem com a matriz de led e o MAX7219, facilitando a ligação e, consequentemente, facilitando o projeto:

Fonte: http://www.arduconce.cl/index.phproute=product/product&product_id=163

Vamos a lista de componentes necessários para montagem:

1 – Protoboard;

1 – Arduino Uno;

E claro fios jumpers para realizar as ligações necessárias.

Abaixo, segue esquema com todas as conexões necessárias:

O que mais é necessário para funcionar?

Para desenvolver o sketch, será necessária a instalação de uma biblioteca auxiliar, Led Control … Caso tenha dúvidas de como fazer esse processo, eu explico o passo a passo no artigo “Primeiros passos com Arduíno: Baixando bibliotecas auxiliares para facilitar o desenvolvimento“.

Realizando a instalação, testaremos o funcionamento do display com um exemplo fornecido com a biblioteca. Para isso, vá em File > Examples > LedControl > LCDemoMatrix. O sketch será conforme abaixo:

Após finalizar montagem …

Insira o exemplo da biblioteca, plugue o cabo USB no computador e no Arduino, clique em Verificar, para checar se há algum erro. Após essa verificação, clique em Carregar, para passar o código fonte para a placa. Pronto, agora você verá o funcionamento do display de led com MAX7219.

Conheça o LED Matriz Editor 8×8

O LED Matriz Editor, eu o conheci quando fiz uma pequena brincadeira para minha namorada, exibindo uma mensagem no display… O que achei incrível, é o fato de ser na web, dispensando assim a instalação de um software, podendo ser acessado de qualquer máquina com acesso a internet, através do navegador.

A sua utilização é muito simples: onde é exibido, na página inicial, um exemplo de matriz em branco, com a possibilidade de clicar na linha/coluna desejada, para deixar o led aceso:

Pode-se notar que, ao lado direito, já aparece Arduino/C Code e um caixa de marcação As byte arrays, que deve ser marcado.

Em resumo, ao criar o desenho na matriz, já se gera o array, que necessita para o acionamento correto do display. De forma simples e visual, sendo um ótimo aliado para você ganhar tempo.  Além disso, o site contém alguns artigos, caso tenha dúvidas de como utilizar o display.

Vamos para a prática…

Vamos criar uma simples mensagem, que aparece no display com as letras “E, C” e um coração. Daí, cada caractere gerado será exibido durante 500ms, veja como é simples a elaboração:

Perceba que, a opção As byte arrays está marcada. Com isso, simplesmente, copie o que está marcado e cole no sketch que desejar. Bom, nosso exemplo completo está a seguir:

Após copiar o sketch, faça as verificações necessárias e carregue para a placa… Caso tenha qualquer problema, verifique se a biblioteca está instalada, ou se esqueceu de algum detalhe no código.

Para finalizar…

Bom galera, o nosso objetivo foi mostrar uma ferramenta muito simples e que facilita sua vida em seus projetos. Espero que tenham gostado e, caso conheça outra ferramenta, não deixe de comentar! Terei o prazer de conhecer.  Como sempre, nossa abordagem foi simples e direta, buscando aplicar de forma prática o que foi apresentado.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos e produzir, ainda mais, conteúdos para ajudar mais e mais pessoas.

 

Muito obrigado, até a próxima!

Yhan Christian.

0 Comentários

Deixe seu comentário.