Circuito controlador de carga

Olá meus queridos caiçaras, tudo bem? No post de hoje, vamos colocar em prática mais um circuito simples, mas bastante interessante. Saiba como montar um circuito controlador de carga de baixo custo, com componentes facilmente encontrados nas lojas de eletrônicos.

Antes de tudo, vamos entender por que criar um circuito controlador de carga e suas aplicações.

Por que criar um circuito controlador de carga?

Atualmente, com a necessidade de formas de geração de energia alternativa (como a fotovoltaica, sendo esta oriunda dos painéis solares), os controladores de carga de bateria têm seu papel fundamental. Afinal, à noite o painel solar não irá gerar energia e você deverá consumi-la das baterias.

Por conta disso, é necessário um circuito que detecte, quando a bateria deve parar de ser carregada. E, sinalizar através de um LED, por exemplo, quando a bateria estiver carregada.

Parece ser algo de outro mundo e muito caro, não é? Mas, acompanhe o artigo e veja que, com poucos componentes, você consegue criar o circuito para tal funcionalidade.

Lista de Materiais

1 – Resistor de 4k7Ω

1 – Resistor de 10kΩ

2 – Resitor de 680Ω

2 – LEDs de 5mm (1 verde e 1 vermelho) ou a cor que preferir

1 – Trimpot de 200kΩ

1 – Trimpot de 47kΩ

3 – Diodo Zener 1N750A 4,7V  1/2W  ou similar

1 – Diodo retificador 1N4007 ou similar

1 – Transitor BD135 ou simular

1 – Amplificador Operacional 741

2 – Bornes KRE 2 vias

Caso queira montar o circuito em uma placa de circuito impresso, você pode comprar itens adicionais como: uma placa e fenolite face simples 7 x 5 cm, percloreto de ferro e caneta para retroprojetor, além de contar com ferro de solda e estanho, para realizar a solda dos componentes na placa.

Funcionamento e diagrama esquemático

Neste circuito, temos o amplificador operacional LM741 atuando na configuração comparador de tensão, onde ajustamos o trimpot RV2 para acionamento do relé, quando a bateria atingir um valor pré-determinado. Já o trimpot RV4 ajusta a tensão de 12V até 13,8V, afim de definir quando a bateria estiver carregada.

Recomenda-se utilizar o valor de 13,8V e para ajustar os trimpots. Para isso, você deve contar com um multímetro, para regular até o mesmo atingir o valor pré-estabelecido.

Além disso, contamos com o LED D2, indicando quando a bateria estiver carregando e o LED D6, que indica quando a bateria estácarregada.Pois, quando a bateria estiver carregada, o relé será acionado, desligando o circuito do painel solar e energizando o LED indicativo.

Como tenho feito nos posts anteriores, veja o layout da placa de circuito impresso. O mesmo foi criado utilizando o Proteus Professional 8, mais precisamente o ARES.

Para finalizar…

Bom galera, espero que tenham curtido o artigo. Aqui, trouxe mais uma aplicação de amplificador operacional, dessa vez atuando como comparador de tensão. Convido você, querido leitor, a conferir os seguinte circuito:Ponte de Wheatstone e Amplificador Operacional. Como sempre, deixarei para você todos os materiais disponíveis para download. E, caso tenha qualquer dúvida, não deixe de comentar! Terei o prazer de ajudá-lo, no que for possível.

Gostou? Compartilhe e de seu feedback! Isso é fundamental para melhorarmos nosso conteúdo e produzir, ainda mais, artigos para ajudar mais e mais pessoas.

Muito obrigado e até a próxima!

Yhan Christian

3 Comentários

  1. Blz Yan!
    Qual a função de D3 e D4? Estes não estão invertidos?

    Pq no circuito não existe resistor de polarização de base do transistor?

    Ps. Não simuei ainda. Por isto estou perguntando.

    • Clayton bom dia!

      Os diodos D3 e D4 são diodos zener e quando polarizados reversamente trabalham como regulador de tensão.
      Em relação a não utilização de um resistor para polarização de base do transistor, foi devido à um circuito que usei como base para o devido fim, inspirado na revista Saber Eletrônica, onde realizei pequenas alterações de componentes e inclui um LED indicando que a bateria esta devidamente carregada.


Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: