Canteiro de Obras: Layout

Fala galera, tudo certo?! Bom, no post de hoje vamos dar continuidade a nossa série de artigos sobre Canteiro de Obras. Se você não conferiu nosso primeiro artigo da série, em que falamos sobre a importância do planejamento de um canteiro, sugiro que clique aqui e confira, antes de continuar nessa página. Agora, se você já está por dentro do assunto, rola a tela para baixo e continue a leitura desse post!

Hoje, vamos falar um pouco sobre o Layout do canteiro de obras. Afinal, você sabe por que é importante ter um bom layout do seu canteiro? No que isso impacta a obra como um todo?!

Antes de tudo…

Primeiramente, para aqueles que não estão familiarizados com os termos comuns da construção civil, o Layout do Canteiro de Obras é o desenho da disposição física das pessoas, materiais e equipamentos dentro da obra. Esse desenho tem como objetivo alocar todos os recursos do jeito mais eficiente possível, a fim de diminuir ao máximo o movimento dos mesmos.

Qual a importância desse Layout?

Quando temos um Layout bem elaborado, a tendência é que trabalhadores, materiais e equipamentos sejam deslocados, desnecessariamente, o mínimo possível. Então, quando isso acontece, a obra como um todo produz mais, além de reduzir o cansaço dos operários (afinal, rodar de um lado para o outro dentro de uma obra cansa! Kkkk). Além disso, o risco que se tem de perdas e desperdício de materiais diminui, devido a também a sua movimentação reduzida.

A produtividade da obra, reflexo do desenvolvimento de um bom Layout, pode ser visualizada em diversos sentidos. Através da integração de todos os elementos dentro da obra, por exemplo, é possível manter o fluxo contínuo dos serviços pertinentes àquela etapa da construção. Com isso, você melhora os processos construtivos. Então, se for preciso que haja alguma mudança no decorrer da obra, tal fato não acarretará grandes transtornos à mesma.

Quais os requisitos que devem ser preenchidos para a elaboração de um Layout de Canteiro de Obras?

Quando se elabora esse tipo de Layout, devemos responder algumas perguntas importantes, a fim de não deixar passar nenhum aspecto importante, que possa prejudicar a execução da obra lá na frente:

Quais núcleos esse layout deve possuir? (Local para armazenamento de materiais; Local para atividades de produção; Local das instalações provisórias).

Qual o espaço necessário para cada núcleo? Qual a área mínima será necessária para cada núcleo trabalhar produtivamente.

Como será dividido o espaço dentro de cada núcleo? Essa pergunta essa relacionada à disposição de materiais, estruturas e objetos que o compõe.

Onde cada núcleo será alocado? Essa questão está ligada, diretamente, ao fluxo de trabalho no canteiro. Afinal, todas as áreas de atividades devem estar bem interligadas, para garantir a produtividade, que estamos falando desde o início desse artigo.

Concluindo…

Boa galera, por hoje é isso aí! Bem, se você gostou dessa postagem, compartilhe com suas redes de contato, propague a informação por aí! Afinal, sua dúvida pode ser a mesma que a de outras pessoas que você conheça. E se você ainda não é inscrito, inscreva-se no nosso Blog e receba as nossas atualizações, beleza?

Agora, se você já é inscrito e gostou ou não dessa postagem, ou tem alguma sugestão, deixe um feedback aqui embaixo. Sua opinião é muito importante para a evolução do nosso conteúdo.

Até a próxima!

Amanda Lima.

0 Comentários

Deixe seu comentário.